Veja Nossos Projetos

Centro de Aprendizagem / Heatherwick Studio.

Centro de Aprendizagem / Heatherwick Studio.

 

 

Do arquiteto. O Centro de Aprendizagem na Nanyang Technological University (NTU Singapura), desenhado pelo Heatherwick Studio e executado pelo arquiteto responsável pelo CPG Consultants, é um novo ponto de referência educacional para Singapura. Como parte do plano de reurbanização da NTU para o campus, o Centro de Aprendizaem está projetado para ser um novo edifício de uso misto a serviços dos seus 33.000 estudantes. 

 

Ao invés do formato tradicional de um edifício educativo com quilômetros de corredores que conectam as salas de aula em forma de caixa, a universidade requereu um desenho único mais adequado às formas contemporâneas de aprendizagem. Com a revolução digital, a função mais importante do novo edifício era ser um lugar onde os estudantes e professores de diversas disciplinas pudessem se encontrar e interagir uns com os outros. O Centro de Aprendizagem é concebido como um lugar onde os estudantes podem conhecer seu futuro sócio de negócios ou alguém com quem podem criar uma incrível ideia. 

 

O resultado é uma estrutura que entrelaça os espaços sociais e de aprendizagem para criar um ambiente dinâmico mais propício para a interação informal e acidental entre estudantes e professores. Doze torres com salas tutoriais arredondadas formam um espiral na sua base ao redor de um generoso átrio central público para proporcionar cinquenta e seis salas sem esquinas ou cantos. As salas inteligentes e modernas foram concebidas pela NTU para apoiar suas novas pedagogias que promovem o ensino em grupos pequenos, de forma mais interativa. O formato flexível das salas permite aos professores configurá-los para gerar uma maior participação por parte dos estudantes. 

As salas, por sua vez, abrem-se para o espaço de circulação comum ao redor do átrio, intercaladas com espaços abertos e terraços jardim informais, o que permite aos estudantes estarem conectados visualmente sem perder a possibilidade de possuírem um espaço para descansar e se reunir. O professor Kam Chan Hin da NTU, Reitor Associado, disse: "O Novo Centro oferece uma emocionante mistura de aprendizagem, de comunidade e espaços de recreação para que os estudantes, professores e pesquisadores de diferentes disciplinas da NTU possam interagir. Ao reunir as pessoas e suas ideias, a NTU pode criar futuras inovações e novos conhecimentos que são sendo cada vez mais produzidos por meio da intersecção de disciplinas".

 

O fundador e diretor do Heatherwick Studio, Thomas Heatherwick, disse, "é o primeiro edifício importante para o escritório na Ásia, e nos ofereceu uma extraordinária oportunidade para repensar o edifício tradicional em uma universidade. Na era da informação, o produto mais importante em um campus é o espaço social para interagir. O Centro de Aprendizagem é um conjunto de torres de concreto que rodeia um espaço central que por sua vez, une a todos, intercalado por reentrâncias, varandas e jardins que favorecem a aprendizagem colaborativa informal. Nos sentimos honrados em ter esta oportunidade de trabalhar com a visão de futuro e com uma ambiciosa instituição acadêmica para realizar um projeto incomum".

 

O diretor do projeto Vivien Leong do CPG Consultores, o arquiteto responsável e os consultores de sustentabilidade dizem que "o aspecto mais interessante deste projeto é ver um desenho inspirado a desenvolver um edifício de forma única, tanto contextual como funcional, através de um processo altamente colaborativo. A gestão deste projeto foi uma façanha, já que deveríamos assegurar que o nosso trabalho cumprisse com as rigorosas normas de construção de Singapura e que alcançasse os mais altos padrões de sustentabilidade, enquanto trabalhávamos duro para manter a integridade do desenho original e da visão da NTU. A oportunidade de desafiar as convenções introduzindo várias soluções inovadoras que encarnam o espírito de aprendizagem de hoje foi uma experiência realmente gratificante para nós". A combinação dos códigos de construções locais e as altas aspirações significavam que uma construção de concreto era necessária. O desafio do desenho foi então fazer com que este material fosse apresentado de uma maneira esteticamente bela.

 

Como resultado, foram incorporados aos núcleos de concreto das escadas e do elevador 700 desenhos comissionados especialmente e emitidos tridimensionalmente em concreto, remetendo à ciência, arte e literatura. A sobreposição de imagens, encarregadas à ilustradora Sara Fanelli, é deliberadamente ambígua, deixando espaço destinado para a imaginação. As sessenta e uma colunas de concreto anguladas possuem uma distinta textura criada especialmente para o projeto. Os painéis da fachada curva, com um padrão horizontal único, foram feitos por meio de dez moldes de silicone ajustáveis e de baixo custo, para criar uma complexa textura tridimensional. 

Com temperaturas em Singapura, durante todo o ano, variando entre 25 °C e 31 °C era importante manter a comodidade dos estudantes, mas utilizando formas de energia sustentável. 

O átrio aberto e permeável do edifício é ventilado de forma natural, maximizando a circulação do ar ao redor das torres de salas de aula. Cada sala é resfriada através de convecção que elimina a necessidade de ar-condicionado. O edifício recebeu o status Green Mark Platinum pela Autoridade de Edificação e Construção (BCA), o mais alto padrão ambiental possível para um edifício deste gênero. 

 

Na era digital em que muitos estudantes possuem múltiplos dispositivos de comunicação e fácil acesso aos conhecimentos, o Centro de Aprendizagem reafirma o papel de um edifício para a Educação no século XXI. Já não é um lugar para o ensino tradicional na sala de aula com estudantes passivos, o novo ícone da NTU oferece um espaço para a aprendizagem colaborativa em um entorno rico em tecnologia. Aberto no período noturno também, ele será um lugar para que os estudantes possam se reunir, onde o conhecimento é compartilhado, onde existe a colaboração entre as disciplinas e onde aparecerão futuros líderes. 

Fonte: Arch Daily